Confiança em Deus

Hoje a Igreja celebra a Imaculada Conceição de Nossa Senhora e, com o Evangelho da Anunciação, recorda o sim de Maria a Deus. Maria é a imagem do verdadeiro crente, que se confiou a Deus e acreditou no que Ele lhe disse. A festa da Imaculada como todas as festas de Nossa Senhora é muito significativa, pois nos mostra uma pessoa que viveu em profunda comunhão com Deus.

Quando o anjo visita Maria com a notícia que ela conceberá um filho de Deus ela diz: “Faça-se em mim segundo a tua palavra”. Reparem que ela não diz: “Faça-se em mim segundo a minha vontade”, mas “segundo a tua”. Não põe limites a Deus. Não pensa: vou me dedicar um pouco a Ele, e depois faço o que eu quiser. Não, Maria não ama o Senhor quando lhe apetece, de modo descontínuo. Vive confiando completamente em Deus. Eis o segredo da vida: tudo pode quem confia totalmente em Deus.

Deus é Pai, o mais terno dos pais, e deseja a confiança dos filhos. No entanto, quantas vezes suspeitamos dele. Pensamos que Ele pode nos mandar alguma provação, nos abandonar. Mas esse é um grande engano, é a tentação das origens, a tentação do diabo: insinuar a desconfiança em Deus. Maria vence esta primeira tentação com o seu sim. E hoje olhemos para a beleza de Nossa Senhora, que nasceu e viveu sem pecado, sempre dócil e transparente a Deus.

Isto não quer dizer que para ela a vida foi fácil, não! Permanecer com Deus não resolve magicamente os problemas. Ela sabia de que modo singular se tornaria Mãe de Deus — o anjo lhe dissera — mas o anjo não tinha explicado aos demais, unicamente a Ela. E os problemas começaram imediatamente. Mas diante dos problemas Maria tem confiança em Deus.

Ter confiança em Deus, esse é o caminho. Como Maria, devemos ser convictos de que o vps com o Senhor tudo correrá bem. Não podemos viver com medo dos problemas, mas confiando em Deus. Peçamos à Imaculada a graça de viver assim!